Se alguma vez pediu orçamento para impressão de flyers, cartões de visita ou outro material gráfico, então já se deparou com termos técnicos que ninguém lhe explicou o que significavam. Neste artigo vamos explicar um deles, a gramagem, ou gramatura.

Este termo é aplicado tanto quando falamos de impressão em papel (como flyers, cartões de visita e cartazes), como lonas ou artigos têxteis (como por exemplo t-shirts).

O que é gramagem

O que é a gramagem?

Antes de mais importa explicar o que é a gramagem, e porque é importante ter esta característica em conta quando adjudica um orçamento.

Gramagem trata-se do peso do papel (em gramas) por área (em metros quadrados). Esta é uma característica padronizada pela norma ISO 536. Por outras palavras, se o papel é mais leve terá menos gramagem e um papel mais pesado (como por exemplo uma cartolina) terá maior gramagem.

Quando num orçamento é indicada a gramagem, sabe à priori se o papel é adequado para um flyer, ou um cartaz, ou por outro lado é mais adequado para convites ou cartões de visita.

Uma maior gramagem poderá erradamente estar associada a um papel com maior espessura e opacidade. Porém, isto não é totalmente verdade, uma vez que papeis de diferentes fabricantes podem possuir diferentes características de opacidade, rigidez e espessura.

No caso dos artigos têxteis, assume-se que maior gramagem está associada a melhor qualidade do tecido assim como nas lonas está associada a maior resistência e opacidade. Tal como indicado anteriormente, isto pode não corresponder completamente à realidade. Mais adiante é explicado porquê.

Qual a gramagem mais adequada para cada produto?

No caso do papel existem algumas gramagens típicas para determinados produtos.

Papel timbrado

Por exemplo, no que diz respeito ao papel timbrado, a gramagem de referência é de 80 a 90g/m2. No caso de papeis premium (como é o caso do papel vergé), assume-se 120g/m2.

Flyers

A gramagem aconselhada para impressão de flyers é de 100 a 170g/m2. Tenha especial atenção para não utilizar uma gramagens abaixo de 100g/m2, uma vez que o papel tende a apresentar também uma menor opacidade. Ou seja o que está escrito de um lado do flyer irá notar-se do outro lado.

Dípticos e Trípticos

A gramagem aconselhada para trípticos (ou dípticos) será de 130g/m2 a 250g/m2. Caso pretenda um produto mais durável, poderá ser viável em gramagens superiores.

Cartazes

Por apresentarem maiores dimensões que os flyers, deverão ser mais robustos de forma a não rasgarem facilmente. Assim a  gramagem aconselhada será na faixa dos 130 a 170g/m2.

Cartões de visita

No caso dos cartões de visita é aconselhado no mínimo 350g/m2. Se pretender criar um cartão com qualidade superior ao normal, é recomendável a aplicação de uma plastificação, o que resultará numa gramagem adicional de aproximadamente 50g/m2.

Como calcular a gramagem?

Se recebeu uma encomenda e pretende confirmar a gramagem, saiba que é bastante fácil, recorrendo simplesmente a uma balança (que tenha uma sensibilidade de pelo menos 1g), e à tabela que apresentamos abaixo.

Tomemos como exemplo uma encomenda de cartões de visita. Para confirmar a gramagem basta pesar uma amostra de 10 unidades. Se a medição apresentada pela balança indicar 16g, então os cartões que recebeu têm mesmo a gramagem de 350g/m2.

Note que as medições podem variar consoante a precisão da balança. Considere os valores como aproximados.

No caso de flyers ou cartazes bastaria proceder do mesmo modo, e comparar com a tabela apresentada.

Tabela para cálculo de gramagem

Confirmar a quantidade da encomenda

Contar uma encomenda de cartões de visita ou flyers para além de ser um trabalho demorado é também uma forma ineficiente de o fazer.

Tendo como base a tabela acima, e sabendo à priori a gramagem e o formato, basta pesar a sua encomenda, e já está.

Exemplifiquemos com uma encomenda de 5000 flyers A6, com gramagem de 100g/m2.  Se a medição apresentada pela balança fosse aproximadamente 7,78kg, então efectivamente teria 5000 flyers.

Maior gramagem é significado de maior qualidade?

Não necessariamente. A gramagem é a referência mais usada como padrão na industria gráfica, no entanto, existem outras normas que têm em conta outros aspectos importantes como por exemplo a espessura do papel (ISO 534) e a opacidade (ISO 2471).

E é principalmente nestes dois aspectos que se distingue um papel de boa ou má qualidade, tendo a mesma gramagem.

Por exemplo, no caso dos flyers, não é conveniente que o papel seja transparente (como uma folha de papel vegetal), ao ponto de se ver o que está escrito do outro lado da folha. O papel deverá ser opaco. Todavia o papel de gama mais barata acaba por ter uma opacidade reduzida.

O mesmo acontece com os cartões de visita, no que respeita à espessura do papel. Um cartão de visita deverá ser robusto e ter uma espessura razoável. Um papel de gama mais barata, para a mesma gramagem, terá uma menor espessura e menor rigidez.

 

Na Webnial damos grande importância ao detalhes, e o papel não é excepção. Escolhemos cuidadosamente as melhores gamas de papel, de forma a proporcionar à sua empresa um produto de qualidade.

Cartões de visita ou flyers são muitas vezes o primeiro contacto de uma empresa com o seu cliente. É importante causar uma impressão positiva, que impressione. E é nisso que poderemos ajudar.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.

INDIQUE O SEU EMAIL, E RECEBA O CUPÃO
Inscrever
Consinto o tratamento dos dados para uso de acordo com a política de privacidade
Receba todas as promoções por email!
Inscrever
Consinto o tratamento dos dados para uso de acordo com a política de privacidade